A indústria Farmacêutica halal deve alcançar Us$370 bilhões até 2021 | Panorama Farmacêutico – Imã de geladeira e Gráfica Mavicle-Promo

De acordo com a Abquim – Associação Brasileira da Indústria Química e o setor químico faturou no último ano US$ 119,6 milhões de dólares no Brasil. O setor farmacêutico é responsável por US$ 16,9 bi, seguido por adubos ou fertilizantes US$ 9,1 bi, e produtos de higiene pessoal (perfumaria e cosmética) US$ 12,4 bi. Em 2015, os produtos químicos tiveram a maior participação no PIB industrial, o que representa 10,8%.

Segundo o diretor executivo da Cdial Halal, Ali Saifi, estes dados mostram que o Brasil apresenta um grande potencial para investir neste setor, principalmente os chamados “halal”. “A certificação halal é garantia de segurança e qualidade, não só para os muçulmanos, o que este mercado se encontra, mas muitos países compraram produtos halal, porque sabem de sua origem e de sua qualidade. Até o Japão solicitou produtos com certificado halal. A Cdial tem participado em diversos mercados, como cosméticos, químico, doces, entre outros. A Cada ano, os pedidos aumentam em todo o mundo. É um mercado gigantesco para ser atendido. O Brasil é dos países que mais tiver emitido o certificado halal”, comenta o diretor executivo da Cdial Halal, Ali Saifi.

Para entender melhor, a certificação halal é como ISO 9000, mas com base em princípios religiosos muçulmanos. Para que um produto receba a certificação halal, todo o processo – desde a matéria-prima, a produção, o armazenamento até a logística – é analisado. Um fato importante a certificação é a exclusão desde o início de qualquer potencial de contaminação por materiais “impuros”, ou seja, por qualquer ADN de porco e de álcool.

Potencial do setor

No mercado nacional, algumas empresas farmacêuticas já estão em busca da certificação halal, tanto para abastecer o mercado local e de exportação. “Muitos ainda acreditam que os produtos halal só atendem a comunidade muçulmana, no entanto, queremos sensibilizar a população e as empresas que estes produtos se adaptam a qualquer tipo de população. Ou seja, o que busca produtos de qualidade, opte por aqueles que têm a certificação halal”, ressalta o Saifi.

Para se ter uma idéia do tamanho deste setor, segundo o relatório “Global Halal Market Insights and Forecast to 2025”, realizado pela QYResearch, o mercado mundial halal atingiu US$ 1,89 bilhões de dólares em 2015, estima-se que aumente para US$ 3 mil milhões de dólares em quatro anos. Já o mercado farmacêutico halal global, que representou 6,7% há dois anos, deverá atingir US$ 370 milhões em tamanho, em 2021, mostrando um crescimento médio anual de 9,3% e até o final do ano 2025 chegará a US $ 620 milhões, crescendo a uma taxa CAGR de 12,7% durante 2018-2025. A classificação deste mercado inclui comprimidos, xaropes, cápsulas, entre outros.

Cdial Halal – é uma referência mundial na Certificação Halal e mantém alianças estratégicas com empresas de alimentos de classe mundial. Cresceu focada no seu negócio com as atividades relacionadas com o abate de frangos, perus, patos e vacas, ampliando o seu âmbito de aplicação para os produtos industrializados. Mais informações www.cdialhalal.com.br

Fonte: N@Shop

Fonte: panoramafarmaceutico.com.br/2018/09/26/industria-farmaceutica-halal-deve-atingir-u370-bilhoes-ate-2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *